A loja física vai muito bem, obrigado

O crescimento do e-commerce continua grande em todo o mundo e a tendência é continuar crescendo. Com isso, choveram apostas apocalípticas de que as lojas físicas acabariam por completo, deixando apenas o ambiente online para realizarmos compras. Porém, estas apostas se revelaram equivocadas.

Existem atributos e forças que só as lojas físicas podem oferecer, como a conexão com os clientes e a tangibilidade dos produtos. Porque podemos comprar qualquer coisa online, porém existem alguns produtos e alguns momentos específicos que a loja física é essencial.

Claro que o crescimento do e-commerce gerou uma série de impactos nas lojas físicas, mas o que aconteceu foi revelador: a loja física não morreu, ela se reinventou. Se apegando em seus atributos mais fortes, a loja física mostrou que existem coisas que o online simplesmente não consegue simular, criando um ambiente que os consumidores não frequentam porque precisam, mas porque querem.

Isso significa que o cenário para as lojas físicas é otimista. A sua forma de oferecer produtos não foi substituída, tudo o que aconteceu foi que o consumidor ganhou um poder de escolha maior, então é necessário um maior cuidado na hora de trabalhar para se destacar dos seus concorrentes, seja com comunicação, ou simplesmente com um pós venda exemplar.

A loja física e o e-commerce podem coexistir livremente, inclusive, como já escrevemos aqui no blog, algumas lojas possuem os dois canais de venda. O importante é entender qual é o diferencial de cada um deles e trabalhar em cima destes atributos.

E assim, as duas formas de vender e comprar serão produtivas e duradouras.

Deixe uma resposta