Como investir em marketing para empresas B2B?

B2B e B2C são termos muito usados no mundo dos negócios e apresentam algumas características de público-alvo bem distintas. Pensando nisso, é importante desenvolver estratégias de marketing que atendam as necessidades de cada um dos segmentos, mas antes, o que de fato significa B2B?

B2B significa“business to business”, ou “empresa para empresa”, o que quer dizer que o seu público-alvo são outras empresas e não o consumidor final, como é o caso de empresas B2C.

Para que um negócio tenha sucesso, é fundamental que o empreendedor tenha clareza da sua proposta e do público que pretende atender, para então, desenvolver uma estratégia de marketing coerente. Onde o seu consumidor está? No Facebook? Provável que não, talvez no Linkedin!

Assim como em propostas pensadas para vendas B2C, marcas B2B precisam ser relevantes para o consumidor, apresentar conteúdos que facilitem a vida dele e o entreguem valor.

O Marketing de Conteúdo é uma ótima opção de estratégia, dessa forma, a sua marca se porta como uma autoridade no assunto e mostra que conhece o mercado em que está inserida e demonstra estar apta a lidar com quaisquer que sejam as necessidades do público em relação produto vendido.

Já pensou em promover debates e discussões construtivas no Linkedin? Pode ser uma ótima opção para mostrar conteúdo e manter o relacionamento com as pessoas, em uma plataforma usada propriamente por empreendedores, gestores e formadores de opinião.

A nossa última dica para quem trabalha com negócios B2B é o relacionamento pessoal, o bom e velho aperto de mão, uma apresentação de serviços bem feita e um contato legal com os parceiros, pode fazer toda a diferença.

De acordo com um artigo publicado pela INC, é importante desenvolver o espírito de pertencimento em cada um dos funcionários da empresa para que eles sejam embaixadores da marca e espalhem os valores da mesma por onde forem.

Outra dica divulgada pela INC foi a de reter talentos, contratar profissionais reconhecidos no mercado e que ofereçam diferenciais. Todos esses pontos prometem melhorar a produtividade e presença da sua marca no mercado, mas antes de tudo, tenha a certeza do que é o seu produto, quais são os seus pontos fortes e fracos e quais são seus clientes.

Deixe uma resposta